Macroscopia da madeira de Eucalyptus

como ferramenta para identificação a campo

Macroscopia da madeira de Eucalyptus como ferramenta para identificação a campo
21 septiembre, 2018 Sociedad argentina de botánica

TRABAJO ACEPTADO - Boletín de la Sociedad Argentina de Botánica

PAULA ZANATTA, TALITA BALDIN, DEBORA DUARTE RIBES, PATRÍCIA SOARES BILHALVA DOS SANTOS, DARCI ALBERTO GATTO

Macroscopia da madeira de Eucalyptus como ferramenta para identificação a campo

Recibido  03/07/2018

Aceptado 17/09/2018

Editor Ana María González

Resumo: O objetivo da pesquisa foi realizar um estudo anatômico macroscópico das madeiras de seis espécies do gênero Eucalyptus e contribuir para identificação destas em nível de campo. Foram analisadas madeiras de E. acmenoides, E. bosistoana, E. deanei, E. longifolia, E. muelleriana e E. racemosa, ainda não descritas macroscopicamente. Para esse estudo, foi estimada a massa específica básica e então, as amostras foram lixadas e escarificadas com bisturi, analisadas com lupa conta fios (aumento 10x) e macroscopicamente descritas de acordo com as normas de procedimentos em estudos de anatomia da madeira, propostas por Coradin. Os resultados demonstraram semelhanças entre as espécies quanto à coloração, textura, grã, odor e agrupamento de dos poros. Contudo, os caracteres anatômicos relacionados à distribuição de poros e o parênquima axial foram fundamentais para a diferenciação macroscópica e reconhecimento destas espécies.

 Palavras-chave: características macroscópicas, massa específica básica, eucalipto, identificação de madeira.

Abstract: Macroscopy of Eucalyptus wood as a field identification tool. The objective of the research was to perform a macroscopic anatomical study of the woods of six species of the genus Eucalyptus and to contribute to their identification at the field level. Eucalyptus acmenoides, E. bosistoana, E. deanei, E. longifolia, E. muelleriana e E. racemosa woodnot yet described anatomically, were analyzed. For this study, the basic specific mass was estimated and the samples were sanded and scarified with a scalpel, analyzed with a magnifying glass (10x magnification) and macroscopically described according to the norms of procedures in studies of wood anatomy, proposed by Coradin. The results showed similarities among the species regarding color, texture, grain, odor and grouping of the pores. The anatomical characters related to the pore distribution and the axial parenchyma are fundamental for macroscopic differentiation and recognition of these species.

Key words: macroscopic features, basic density, eucalypt, wood identification.